PARA PARTICIPAR VERIFIQUE SE SUA ENTIDADE ASTRONÔMICA (ASSOCIAÇÃO, CLUBE, GRUPO, OBSERVATÓRIO, PLANETÁRIO, PROJETO) ESTÁ CADASTRADA --- AQUI ---



PRÊMIO QUÍRON - O que é

O Quíron é uma premiação SIMBÓLICA a ser oferecida às entidades de Astronomia para estimular a produtividade no registro de observações técnicas e na realização de eventos de divulgação. Também tem o objetivo de reconhecer o esforço dessas entidades com a forma mais justa possível, criando métodos que inibem fraudes.

As edições do Quíron serão quinquenais (realizadas a cada cinco anos) aproveitando a comemoração do aniversário de fundação do GaeA – Grupo de Apoio em Eventos Astronômicos, organizadora do prêmio. A primeira edição ocorrerá no ano em que o grupo completará 10 (dez) anos de existência (2019) e as edições posteriores serão realizadas a cada 5 anos de existência da entidade.

No caso de encerramento das atividades do GaeA antes de uma próxima edição qualquer entidade astronômica poderá requisitar os direitos de realização das edições posteriores se houver interesse.

O Quíron é uma premiação de origem PARTICULAR. A organização do prêmio não pretende de forma alguma adotar ideologias, políticas, clientelismos ou favorecimentos para subsistir e procurará manter a neutralidade em todas as etapas da premiação. Também não pretende utilizar recursos públicos porque a organização entende que tal uso devem ser para fins mais importantes.

Serão premiadas as 10 (dez) entidades astronômicas que mais pontuarem conforme os critérios adotados por esta organização. Diante da falta de recursos para a confecção dos troféus os que serão expostos durante a divulgação do prêmio são apenas ilustrativos e correspondem às seguintes colocações:

1o. lugar – Quíron de Diamante
2o. lugar – Quíron de Platina
3o. lugar – Quíron de Ouro
4o. lugar – Quíron de Prata
5o. lugar – Quíron de Bronze
6o. lugar – Quíron Azul
7o. lugar – Quíron Branco
8o. lugar – Quíron Laranja
9o. lugar – Quíron Vermelho
10o. lugar – Quíron Verde


O Quíron trabalhará com sistemas de pontuação. Cada tipo de atividade de divulgação e registros técnicos de observação valerão uma pontuação que geralmente estará vinculada, respectivamente, ao seu formato e à frequência. Como a organização do prêmio não possui efetivo suficiente para visitar todas as entidades astronômicas e verificar fisicamente suas atividades, os participantes devem divulgar todas as suas atividades de pesquisa e divulgação em seus canais de comunicação durante a vigência do prêmio.

Para que uma entidade tenha chances de estar entre as 10 premiadas será necessário que sua pontuação total de atividades em 2019 supere os 2.000 (dois mil) pontos. Se o número de entidades for insuficiente para preencher o ranking das 10 premiadas, ou seja, se menos de 10 entidades com maior número de pontos tiverem conseguido atingir a pontuação geral mínima de 2.000 pontos a organização poderá cancelar os prêmios para as colocações que não forem preenchidas.

Quaisquer entidades amadoras de pesquisa e divulgação astronômica poderão participar: associações (clubes e grupos), observatórios, planetários, projetos de divulgação e pesquisa de Astronomia. Pessoas físicas (indivíduos) NÃO poderão participar a não ser que estejam vinculadas a alguma entidade, projeto particular ou pessoa jurídica.

As entidades NÃO precisam se inscrever. A organização do prêmio divulgará uma lista de todas as entidades cadastradas onde seus representantes possam verificar e atualizar seus dados. Essa lista tem origem no censo brasileiro de instituições astronômicas iniciado pela organização em 2016 e concluída em 2018.

Somente entidades astronômicas brasileiras poderão participar. As atividades precisam ser realizadas e registradas em território nacional. AS ÚNICAS EXCEÇÕES serão a apresentação de trabalhos em congressos e similares sediados em outros países durante o período de vigência para pontuação ou expedições para acompanhamento de fenômenos astronômicos. Essas participações deverão ser registradas conforme os critérios apresentados para cada categoria de atividade.

Tudo o que as entidades precisam fazer é manter seus veículos de comunicação atualizados com suas atividades. As atividades que terão pontuação serão aquelas realizadas no período de 01/01/2019 a 31/12/2019.

A organização trabalhará com o seguinte cronograma:

01/01/2019 a 31/12/2019 – período de realização das atividades pelas entidades astronômicas;
01/01/2020 a 15/01/2020 – período para que as entidades concluam suas publicações sobre as atividades realizadas em 2019;
16/01/2020 a 30/06/2020 – período de avaliação das atividades pelos organizadores do prêmio (O CONTEÚDO DA DIVULGAÇÃO E DOS RESULTADOS DE TODAS AS ATIVIDADES DO ANO DEVE ESTAR ARMAZENADO EM SEUS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO);
a partir de 30/06/2020 – divulgação dos premiados

Obs.: a divulgação dos premiados poderá sofrer eventual atraso considerando o grande número de associações e equipamentos astronômicos existentes no país e o volume de atividades a ser avaliado.

O Prêmio poderá ser cancelado por motivo de força maior, caso os membros da organização percebam que algum quadro político, econômico, social ou de saúde criem condições desfavoráveis.

CANAIS DE COMUNICAÇÃO VÁLIDOS

As atividades precisam estar registradas em pelo menos um dos seguintes canais de comunicação:

- Website de domínio próprio da instituição:
Aqueles que possuem sites de domínio próprio ou hospedados em servidores conhecidos devem configurar suas páginas para que todas os registros de atividades estejam disponíveis para consulta. Muitas dessas páginas aparecem somente as últimas atualizações e a organização do prêmio não será responsável caso em suas consultas não consiga visualizar TODAS as atividades durante o período de vigência.

- Blogs nas plataformas Blogspot (Blogger) ou Wordpress – escolhidos pela organização por serem os mais populares. Devem manter as configurações para que a organização possa consultar todas as atividades.

- Páginas ou Grupos da rede social Facebook – escolhido pela organização por ser utilizado por cerca de 85% das entidades astronômicas atualmente ativas. Muitas entidades não possuem página própria e várias delas divulgam atividades através das páginas de membros e representantes legais. A organização sugere que concentre todas as atividades numa página ou perfil próprio da sua entidade.

- Boletins informativos periódicosalternativa para aquelas entidades que não possuem o hábito ou apresentam alguma repulsa ao uso de blogs ou redes sociais. Os boletins devem ter periodicidade REGULAR mínima SEMANAL e máxima TRIMESTRAL. A organização não se vê obrigada a consultar boletins que são emitidos fora dos períodos mencionados e de forma irregular.

Os boletins informativos periódicos devem estar disponíveis para consulta ou download em arquivo na plataforma Google Drive ou similares, link para página, seção de página OU simplesmente enviar o exemplar para o e-mail gaea.faleconosco@gmail.com .

A organização NÃO entrará em fóruns, listas ou outras redes sociais para saber das atividades dos concorrentes ao prêmio. Recomendamos o uso de uma das opções descritas acima.

SOBRE A PREMIAÇÃO

Apesar de sua natureza SIMBÓLICA a organização tornará o Prêmio Quíron de alguma forma atraente para justificar uma disputa saudável realizando preliminarmente as seguintes ações:

- A criadora do prêmio (GaeA - Grupo de Apoio em Eventos Astronômicos) se compromete a dar destaque especial na divulgação, em seus canais de comunicação, de atividades das 10 (dez) entidades premiadas nos 2 (dois) anos após o anúncio dos vencedores, de forma gratuita.

- A criadora do prêmio se compromete a dar destaque das mesmas 10 (dez) entidades em mobilizações e compromissos nacionais e internacionais que ela coordena, a saber:

a) Relatório Anual de Atividades da Sección de Enseñanza e Divulgación de la Astronomía - Reporte feito a cada ano para a Liga IberoAmericana de Astronomia (LIADA) apresentando as atividades das entidades brasileiras. A participação nesse relatório divulga o nome da entidade para membros da comunidade astronômica de 23 países;

b) Dia Internacional do Asteroide (Asteroid Day) - A criadora do prêmio é coordenadora no Brasil dessa mobilização sancionada pela Organização das Nações Unidas e tem autonomia para criar materiais com destaque para os premiados participantes que poderão ser divulgados para 190 países;

c) Censo Brasileiro de Instituições Astronômicas - Com sua primeira edição concluída em 2018, os resultados do censo serão atualizados a cada dois anos e repassados para a União Astronômica Internacional (IAU) com destaque para as 10 premiadas que serão mencionadas como as mais produtivas do país.

Mesmo sendo de natureza simbólica a organização também se compromete a tentar, até o anúncio dos vencedores, formas de materializar o prêmio sem apelar para a utilização de quaisquer verbas de origem pública.

A organização também deixa claro que este prêmio não oferece qualquer margem para mobilizações ou votações populares. Métodos e táticas de votações ou mobilizações populares geralmente usados por fã-clubes do mundo do entretenimento na busca de prêmios para seus ídolos não terão qualquer valor. Recomendamos aos participantes que canalizem esses gestos e o tempo de seu pessoal nas atividades para ajudá-los a conquistar o prêmio. A Astronomia agradece.

PONTUAÇÕES - Condições gerais

Os critérios de pontuação que serão expostos neste regulamento não são para criar obstáculos inconvenientes mas foram criados principalmente para inibir fraudes. As pontuações geralmente estão vinculadas às etapas de organização e realização das atividades ou da confirmação de registros observacionais.

As regras de pontuação e bonificação se dividem em:

- CATEGORIAS DE EVENTOS - Nelas são encontradas diversas opções de atividades para divulgação da Astronomia. A maioria das atividades se divide em duas fases: DIVULGAÇÃO (o que a entidade precisa fazer para ganhar pontos ao anunciar a atividade) e de RESULTADOS (o que a entidade precisa fazer para ganhar pontos após a realização da atividade). Apesar de cada tipo de atividade ter a sua particularidade, a regra geral é que o material de divulgação dos eventos tenha especificado detalhes para o público e que na fase de resultados todas as atividade tenha comprovação através de imagens. Essas imagens, salvas aquelas que possuem especificações particulares, precisam ser panorâmicas. Selfies, poses de visitantes ou de representantes de entidades não serão pontuadas. Se for constatada a repetição intencional das imagens para atividades diferentes a entidade será DESCLASSIFICADA.

- CATEGORIAS DE REGISTROS E OBSERVAÇÃO - Nelas são encontradas diversas opções de registros técnicos de observação. Note que muitas dessas opções para ganhar a pontuação precisarão cadastrar seus registros observacionais em páginas reconhecidas nacional e internacionalmente sobre cada categoria. DIVULGAR OS REGISTROS APENAS NO SEU CANAL DE COMUNICAÇÃO MUITAS VEZES NÃO SERÁ SUFICIENTE.

- CATEGORIAS DE MOBILIZAÇÕES - Nelas são encontradas opções de mobilização e configurações celestes que darão bônus de pontuação SOMENTE AOS EVENTOS (registros e observação não terão esses bônus). De uma maneira geral os bônus serão concedidos apenas para 1 atividade por mobilização. ATENÇÃO! Em caso de datas coincidentes a entidade participante deverá organizar um evento para cada mobilização para conseguir seus respectivos bônus.

- BÔNUS DE PARCERIAS - Aqui são encontradas as condições para adquirir bonificações se seus eventos e registros observacionais forem realizados em parceria com outras entidades.

- BÔNUS DE DONATIVOS - Aqui são encontradas as condições para adquirir bonificações se seus eventos tiverem a opção de receber donativos para repasse a instituições de caridade e serviço social similar.

- BÔNUS DE MÍDIAS - Aqui são encontradas as condições para adquirir bonificações se seus eventos e descobertas tiverem o acompanhamento de veículos de mídia.

IMPORTANTE: conteúdos ou imagens enviadas por inbox ou na timeline do GaeA ou de seus membros NÃO terão qualquer efeito de pontuação, mesmo que tenha feito dezenas ou centenas de atividades no período de vigência do prêmio. Para valer a pontuação as atividades devem estar publicadas em SEUS PRÓPRIOS CANAIS DE COMUNICAÇÃO.

O fato de algum membro do GaeA estar presente num desses eventos NÃO garante pontuação. As publicações devem obedecer este regulamento independentemente dos membros da equipe organizadora estarem participando.

AVALIAÇÃO - como será

Três avaliadores farão de forma independente as análises das atividades e apenas uma pontuação será válida. Se os totais dos avaliadores coincidirem esta pontuação será o resultado oficial da entidade. Se houver diferença nessas pontuações em até 3% (da menor para a maior), a pontuação média será considerada a oficial. Se houver diferença acima de 3% nas pontuações será feita uma nova avaliação, desta vez com todos os avaliadores conciliando seus resultados e revisando as pontuações até chegarem a um consenso.

Em caso de empate os critérios para desempatar serão na seguinte ordem:

- Pontuação de registros observacionais
- Número absoluto/bruto de atividades sem as pontuações (eventos + registros observacionais)
- A entidade mais antiga

Sedes diferentes de uma mesma entidade serão avaliadas SEPARADAMENTE.

Os resultados NÃO SOFRERÃO REVISÕES após seu anúncio.

A organização NÃO vai conceder exceções ou se sensibilizar por causa de condições meteorológicas desfavoráveis.